Players

Giros

Há 20 anos no mercado, a GIROS é dirigida por Belisario Franca, sócio Fundador e Diretor Artístico, Maria Carneiro da Cunha, Diretora Executiva e Bianca Lenti, Diretora de Conteúdo e produziu mais de 2000 mil horas de conteúdo audiovisual para TV e cinema.

Realizações da Giros foram premiadas em algumas das mais importantes competições do setor, como a série “Música do Brasil” (vencedora do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2001 na categoria “Melhor Produção Cultural para Televisão” e Medalha de Prata no New York Film Festival e com uma indicação ao Emmy International em 2000; “Além Mar” foi premiado pela International Documentary Association de Los Angeles na categoria “Melhor Documentário”.  “7 X Bossa Nova” ganhou medalha de prata no New York Film Festival e “Estratégia Xavante” recebeu o título de “Melhor Criação de Arte e Mídia” concedido pelas Nações Unidas, em Nova York. “Amazônia Eterna”, exibido em 27 festivais pelo mundo, "Menino 23 - Infâncias Perdidas no Brasil", lançado comercialmente no Brasil e EUA, vencedor do Prêmio de Melhor Pesquisa – RECINE – Festival Internacional de Cinema de Arquivo - 2017; Melhor documentário no Montreal International Black Film Festival - 2017; melhor documentário pelo voto popular e do júri técnico – Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2017; melhor roteiro e montagem no 26º Festival IberoAmericano Cine CE; melhor roteiro e montagem no 2º Festival Internacional Arquivo em Cartaz; Prêmio Margarida de Prata de melhor longa 2017, e exibido em festivais internacionais na Europa, África e América do Norte, além de Soldados do Araguaia, exibido na 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e premiado na categoria documentário em terceiro lugar pelo 34º Premio Direitos Humanos de Jornalismo.
Canais de televisão como Futura, TV Globo, GNT, History Channel, TV Brasil, Multishow, MTV, Animal Planet, Discovery Networks e Disney Channel são alguns dos mais de 40 canais, nacionais e internacionais, que exibiram as séries e documentários produzidos pela Giros.
A Giros acumulou sólida experiência em projetos de caráter cultural e educativo, onde as constantes são o apuro na pesquisa e excelência na produção aliadas a linguagens estéticas arrojadas.

www.giros.com.br

Há mais de 20 anos, Belisario Franca investiga histórias e universos revelando as diversas faces do povo, convidando ao deslumbramento diante da realidade. As trajetórias de centenas de personagens, reais e fictícios, viraram séries e filmes premiados sob a ótica do diretor. Destaque para “Além Mar”, melhor série para TV pela International Documentary Association,”Estratégia Xavante”, melhor criação de arte e mídia pelo Festival das Nações Unidas, “Amazônia Eterna”, exibido em 27 festivais pelo mundo,  “Menino 23 – Infâncias Perdidas no Brasil”, vencedor dos prêmios de melhor documentário pelo Grande Prêmio do Cinema Brasileiro pelo júri e pelo voto popular em 2017, melhor documentário pelo Festival Internacional BlackFilm de Montreal, melhor roteiro e edição no 26º Cine Ceará, Melhor Roteiro , Melhor Edição de Imagem no Festival Arquivo em Cartaz 2017, Prêmio Margarida de Prata 2017, como melhor longa metragem e exibido em festivais internacionais na Europa, África e América do Norte.

Voltar